DESAFIOS

 

Nesta página você está sendo desafiado a responder perguntas do dia-a-dia.    Isto nos fará refletir, estudar e principalmente colaborar com os colegas quando se defrontarem com situações idênticas. Participe respondendo e mande também o seu desafio.

 

DESAFIO 1
COMO PERITO, VOCÊ FOI INTIMADO À DEPOR NA JUSTIÇA, QUANDO O JUIZ LHE PERGUNTA:   QUANTO   TEMPO  DURA  UMA  IMPRESSÃO  DIGITAL?      QUAL SUA RESPOSTA?

           Mande respostas para o  e-mail  ppf@papiloscopistas.org

            CLIQUE AQUI E VEJA AS NOVAS RESPOSTAS

DESAFIO 2 

AO IDENTIFICAR       UM    ESTRANGEIRO          ORIUNDO DE  ALGUM    PAÍS PRIMEIRO  MUNDISTA, VOCÊ PERCEBE  NELE  UM     SORRISO     ( TALVEZ IRÔNICO OU POR   ESTAR ACHANDO REALMENTE  ENGRAÇADO   O  FATO DE SUJAR OS   DEDOS DE TINTA), QUANDO  EM  SEGUIDA  AFIRMA     QUE  NO   SEU PAÍS DE ORIGEM NÃO SE USA ESSE TIPO DE IDENTIFICAÇÃO HÁ MUITO TEMPO.

NESSE    MOMENTO,  UM   BRASILEIRO        QUE    ACOMPANHA   AQUELE ESTRANGEIRO   AFIRMA: "LÁ ELES USAM A IDENTIFICAÇÃO   PELA IRIS". 

            DIANTE DE TUDO ISSO, O QUE VOCÊ RESPONDE?

            Mande respostas para o  e-mail  ppf@papiloscopistas.org

            CLIQUE AQUI E VEJA AS NOVAS RESPOSTAS

 

  DESAFIO 3

POR VEZES NOS DEPARAMOS NUMA SITUAÇÃO PERICIAL EM  QUE  APÓS  TRATARMOS         UM          FRAGMENTO        DE IMPRESSÃO DIGITAL    COM CIANOACRILATO,      SEGUINDO COM A        UTILIZAÇÃO DE  PÓ     QUÍMICO, PERCEBEMOS    QUE   O      PÓ     ADERIU    AOS    SULCOS                 E       NÃO    ÀS   CRISTAS PAPILARES, TORNANDO   AQUELE   FRAGMENTO    INVERTIDO.

ALGUÉM SABERIA INFORMAR POR QUE OCORRE ISSO?

 Mande respostas para o  e-mail  ppf@papiloscopistas.org

             CLIQUE AQUI E VEJA AS NOVAS RESPOSTAS

DESAFIO 4

AS ATIVIDADES DO SINIC TOMAM QUASE TODO TEMPO DO TRABALHO DO PPF. 

SOLICITO  A  PARTICIPAÇÃO  DE  TODOS  OS           COLEGAS  DO   BRASIL,     RESPONDENDO     A     ESTE  DESAFIO,     ENVIANDO         SUGESTÕES PARA  ALTERAÇÃO DO SINIC.

POSTERIORMENTE,  ESTAS  SUGESTÕES  SERÃO  ENVIADAS  AO  INI       E LOGICAMENTE  TAMBÉM PODERÃO SER VISUALIZADAS PELOS COLEGAS DO INSTITUTO RESPONSÁVEIS PELAS ALTERAÇÕES,  À CADA SUGESTÃO APRESENTADA E DIVULGADA.

ENVIE   SUA   SUGESTÃO,     POR MAIS SIMPLES QUE SEJA,    SERÁ  MUITO IMPORTANTE PARA O APRIMORAMENTO, RENDIMENTO E QUALIDADE  DE NOSSAS ATIVIDADES  JUNTO  AO  SISTEMA NACIONAL DE INFORMAÇÕES CRIMINAIS.

Mande respostas (SUGESTÕES)  para o  e-mail  ppf@papiloscopistas.org

CLIQUE AQUI E VEJA AS NOVAS RESPOSTAS

DESAFIO 5

Temos tido experiências interessantes e até certo ponto desagradáveis, principalmente em perícias tidas como informais, quando colegas do DPF solicitam análise de determinados materiais, especialmente de superfícies porosas (papéis), afirmando categoricamente que houve toque do suposto delinqüente e a conseqüente preservação.
Apesar disso, muitos têm sido os casos em que não obtemos resultado algum no levantamento de digitais, inclusive após remessa do material ao INI, e nos deparamos com a desagradável expressão de lamento dos colegas que recebem a notícia, num misto de desconfiança pela qualidade do trabalho empregado.
O desafio é: quem conseguiria responder com clareza a que atribuímos essas situações? Por que certos materiais onde parece certo obter resultados, simplesmente nos deixam perplexos com o insucesso do levantamento?
Contribuição: PPF Cerqueira - NID/SR/DPF/SP

                                   

 CLIQUE AQUI E VEJA AS NOVAS RESPOSTAS

 

 

 

 

 

 

contador, formmail cgi, recursos de e-mail gratis para web site